13/11/2013 - 17h58
Timóteo implanta Catafácil e integra rede de vendas



PMT
I002420.jpg
CATAFÁCIL 2ia

O município de Timóteo sediou nesta semana um encontro de representantes de associações de catadores de materiais recicláveis da região dos Vales do Aço, Rio Doce e Mucuri. O objetivo é que a Ascati (Associação de Catadores de Timóteo) possa aderir à Catavales, entidade que congrega essas associações, e implantar o Catafácil, software de gestão de uma associação de catadores e que permite otimizar o fluxo de trabalho e produção.


A reunião foi realizada na Escola Municipal Virgínia de Souza Reis, no bairro Alegre, e contou com a presença de representantes de Timóteo, Belo Oriente, Nova Era, João Monlevade, Timóteo e Nova Era. As cidades também estão aderindo ao Catafácil, que vai facilitar os trabalhos e ainda proporcionar mais informações financeiras para as associações.


O secretário de Desenvolvimento Econômico de Timóteo, Sebastião Nonato Filho, explica que esse deve ser um passo importante da Ascati rumo ao crescimento sustentável. "É necessário dar um suporte maior à entidade para que os catadores sejam fortalecidos e o trabalho de reciclagem seja efetivo no município", explicou Nonato.

 

VANTAGENS


O Catafácil, ao qual deverão aderir todas as associações de catadores representadas na reunião, permite ainda o trabalho em conjunto para as vendas dos produtos finais para as recicladoras. "É como uma espécie de pátio virtual. O programa fornece os dados de todas as associações para que os compradores saibam o quanto têm de material disponível para adquirir", explicou David Romeros, um dos desenvolvedores do software.


Ele explica que, após a implantação do programa pelas associações a rede de vendas poderá negociar os estoques. Uma das vantagens, explica Romeros, é eliminar os intermediários que compram das associações e vendem para as empresas. "Os preços que a rede conseguem chegam a ser 50% melhores que os preços pagos em separado", compara Romeros, explicando que o programa tem outras vantagens como a emissão de recibos e notas fiscais eletrônicas, além de relatórios para os parceiros.

 

FORTALECIMENTO


Além de preços melhores, as associações de catadores promovem o fortalecimento das próprias entidades, pois, além da troca de informações, elas passam a contar com uma gestão mais profissionalizada. "E são os próprios trabalhadores a fazer a gestão do programa", comemora Valdete Rozas, coordenadora de comercialização da Rede Catavales.
 


Fonte : PMT




Galeria