17/12/2018 - 17h51
Campanha contra a Aids tem apoio de motociclistas
Saúde de Timóteo intensifica ações até o fim de dezembro


PMT
G013045.jpg
Campanha contra Aids

No último sábado (15), a campanha contra a Aids da Secretaria de Saúde de Timóteo chamou a atenção com a participação do Grupo de Motociclistas Bate e Volta, composto por vários motoclubes da região. Após um passeio pelos principais corredores viários da cidade, os motociclistas deram um belo exemplo de solidariedade social sensibilizando a população contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)/Aids. A concentração na Praça 1º de Maio, no Centro Norte, contou com tendas para aferição de pressão arterial, orientação sobre técnicas de escovação dental, além da imunização contra a hepatite B, difteria, tétano e febre amarela. Os testes rápidos foram realizados em sala reservada no Centro Municipal de Educação Integrada (CMEI). A ação deste sábado contou ainda com o apoio da 85ª Cia. de Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Timóteo.

O prefeito Douglas Wilkys, o vice José Vespasiano e o secretário de Saúde, Eduardo Morais, agradeceram a participação do grupo Bate e Volta nesta ação voluntária para alertar a população. “Em nome do Wagson Knupp, nós agradecemos aos motociclistas e destacamos a importância do apoio de vocês para essa campanha preventiva e educativa”, destacou Douglas Willkys. 

Até o final deste mês serão ofertados testes rápidos para hepatites virais, sífilis e HIV nas unidades básicas de saúde de Timóteo. A ação da Secretaria de Saúde, coordenada pelo Centro de Promoção à Saúde e IST/Aids dá continuidade à campanha de prevenção que teve início em 1º de dezembro (Dia Mundial de Combate à Aids).

O Centro de Promoção à Saúde IST/Aids realiza testes rápidos e oferece tratamento. O atendimento à população por demanda espontânea (sem necessidade de agendamento) é feito às segundas-feiras, de 8 às 11h, na avenida Acesita, 1560, bairro Primavera. O telefone de contato é o (31) 3847-7624. O resultado do teste rápido fica pronto em apenas 15 minutos. Não é necessário estar em jejum para o procedimento, que consiste na coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo. O exame é gratuito, seguro e o resultado é sigiloso.

Prevenção

Qualquer pessoa que não usa preservativo em suas relações está correndo o risco de contrair o vírus HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis. A prevenção é fundamental e, em caso de dúvida, a recomendação é fazer o teste rápido o quanto antes. Quanto mais rápido uma pessoa contaminada pelo HIV iniciar o tratamento, maior será a expectativa e a qualidade de vida. O mesmo vale para gestantes soropositivas, que têm 99% de chance de terem filhos sem o HIV se seguirem o tratamento recomendado durante o pré-natal, parto e pós-parto.


Fonte : PMT