Timóteo inicia revisão do Plano Diretor Participativo

Documento, que deveria ter sai atualizado até 2014, será construído ao longo de dez meses com a participação de toda a população
PMT
I021743.jpg
Plano Diretor

Com foco no desenvolvimento econômico, social e sustentável foi lançado na noite de terça-feira (19) a revisão do Plano Diretor Participativo de Timóteo. O evento, realizado no auditório da Prefeitura, reuniu representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e de vários segmentos da sociedade organizada.

O Plano Diretor é o marco legal da política de desenvolvimento de um Município e sua principal finalidade é orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada na utilização e desenvolvimento dos espaços urbanos e na oferta dos serviços públicos.

A revisão do Plano Diretor de Timóteo deveria ter sido feita até 2014, conforme determinação do Estatuto da Cidade. A tomada de preços nº 007/2019 para a contratação de empresa foi encerrada em setembro deste ano e vencida pelo Consórcio Ecotécnica/Detzel, com o valor de R$ 399.851,05.

“Qual a cidade que queremos para o futuro? Qual é a cidade dos nossos sonhos?” Foi com esse questionamento que o prefeito Douglas Willkys ressaltou a importância da realização do Plano Diretor de forma coletiva, haja vista que o documento, depois de finalizado, vai estabelecer regras para toda a sociedade. 

“O ponto central é a retomada do desenvolvimento, para termos uma cidade pujante e equilibrada socialmente e economicamente, na qual as normas e critérios valem pra todos”, afirmou Douglas Willkys. Para o prefeito, “o documento tem que ter a identidade do povo timotense para a cidade caminhar com estabilidade e credibilidade em direção ao futuro”.

Diagnóstico 

O coordenador da equipe técnica do Consórcio Ecotécnica/Detzel, Walter Gustavo Linsmayer, apresentou a dinâmica do trabalho a ser realizado ao longo de dez meses. O processo de revisão do Plano Diretor terá oito etapas, com a realização de audiências públicas e reuniões em todas as regionais do Município. Ou seja, os moradores de Timóteo terão a oportunidade de ajudar na elaboração do diagnóstico do Município com as suas demandas e necessidades, definindo as diretrizes e propostas que, após serem aprovadas coletivamente, serão transformadas em lei.

Um dos principais pontos na elaboração do Plano é justamente o estímulo à participação popular e a transparência na divulgação das informações. O passo a passo do processo será disponibilizado no site e nas mídias sociais da Prefeitura de Timóteo. Também foi criada uma comissão de acompanhamento que contará com 60% de participação da sociedade civil organizada e 40% do Poder Público. 

Para José Geraldo, morador do bairro Horto Malaquias, a revisão do plano é de suma importância uma vez que a cidade “ficou engessada nos últimos anos, por falta de uma legislação mais atualizada”. “Agora a sociedade vai poder participar, das a sua opinião e discutir os temas que são importantes e essenciais para o conjunto da sociedade”, citou.  

Fonte : PMT

Compartilhe:

Galeria de Imagem

VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que possam comprometer sua imagem.