Timóteo decreta estado de emergência sanitária

Aulas da rede municipal de ensino e Programa Humanizar estão suspensas, bem como as visitas ao Sodalício Tio Questor
PMT
I022228.jpg
Emergência sanitária coronavírus

O comitê de enfrentamento ao coronavírus de Timóteo se reuniu na manhã desta segunda-feira (16) para deliberar sobre algumas medidas preventivas. A reunião do comitê - a segunda em cinco dias -, reúne representantes do Hospital e Maternidade Vital Brazil (HMVB), da UPA Geraldo dos Reis Ribeiro, das Secretarias Municipais de Saúde e Educação, da Câmara e foi coordenada pelo prefeito Douglas Willkys.

 

Foram adotadas algumas ações que, segundo o prefeito Douglas Willkys, levam em consideração critérios técnicos para preservar a saúde da população e evitar a transmissão do vírus. Uma das iniciativas é a decretação do estado de emergência sanitária em Timóteo.

 

As aulas na rede municipal de ensino, incluindo creches, educação infantil, de jovens, adultos (EJA) e Apae serão suspensas entre quarta-feira (18) e o dia 22. A recomendação é para que as aulas dos programas Humanizar e Andança sejam suspensas imediatamente, assim como as visitas ao Sodalício Tio Questor. As próximas rodadas do Campeonato Verão também serão adiadas.

 

“Essa parada é estratégica para evitarmos a circulação dos vírus”, reiterou  o prefeito. As cidades vizinhas de Ipatinga e Coronel Fabriciano confirmaram os primeiros casos para coronavírus, por isso a necessidade de redobrar a atenção, principalmente em relação à aglomeração de pessoas e ao público idoso.

 

A orientação é válida também para os cultos e missas. A programação em comemoração ao Dia da Água, organizada pelos parceiros do Plano Integrado de Educação Ambiental (PIEA) também está suspenso.

 

No âmbito da Administração Municipal, também serão adotadas algumas providências. No paço municipal, por exemplo, a ideia é evitar a concentração de pessoas, priorizando o agendamento para os serviços que puderem optar por essa modalidade.

 

Para os servidores que estão de férias, a Vigilância Epidemiológica analisará caso a caso para saber sobre a necessidade de isolamento domiciliar para os que viajaram para o exterior ou para estados onde já está confirmada a transmissão comunitária por coronavírus.  

 

As férias de servidores públicos municipais da área da saúde também serão suspensas nos próximos dois meses para não desfalcar as equipes de atendimento. Também está cancelada até segunda ordem a participação de servidores em cursos, congressos e outros treinamentos fora do município.

 

A UPA e o Hospital Vital Brazil irão restringir a presença de acompanhantes nas dependências das respectivas unidades como medida preventiva. Em caso de dúvidas o cidadão pode contactar a Vigilância Epidemiológica de Timóteo pelo telefone 3847-7629.

Fonte : PMT

Compartilhe:

VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que possam comprometer sua imagem.

Micheline R. Ribeiro luz
E o concurso da Prefeitura, como fica nisso tudo, vai ser realizado?