16/01/2017 - 17h38
LIRAa tem índice de 2,6% em Timóteo
Prefeito defende mudança de hábitos para combater criadouros do Aedes


PMT
I009254.jpg
LIRAa

A Secretaria de Saúde de Timóteo divulgou nesta segunda-feira (16) o resultado do primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) do ano de 2017. Os dados foram coletados pelos agentes de endemias em visita as residências em todos os bairros do município durante a última semana, de terça-feira (10) à sexta-feira (13). 

O LIRAa é realizado com o objetivo de identificar e mapear os criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de várias doenças como a Zica, Dengue e Chicungunya. Para o secretário de Saúde, César Luz, a pesquisa permite um maior direcionamento das ações de controle para as áreas mais críticas. “São identificadas as áreas mais críticas para intensificar o combate naquele local”, esclarece. 

O resultado do levantamento apontou um índice de 2,6%, bem acima do preconizado pelo Ministério da Saúde que é de 1%. No mesmo período do ano passado a administração anterior não fez a pesquisa do LIRAa. No último realizado, em outubro de 2016, o índice foi também de 2,6%, quando foram apontados 32 imóveis com focos cuja análise de larva foi positiva.

Os bairros com maior índice de infestação de criadouros do mosquito Aedes Aegypt, apontados no levantamento realizado durante a última semana foram o Ana Rita, Vila dos Técnicos e Eldorado. “A Secretaria Municipal de Saúde está atenta. Temos que estar agindo por causa das chuvas e a possibilidade de proliferação do mosquito com o Liraa alto, dengue, zica e chycungunia”, destacou o prefeito Geraldo Hilário.

Durante entrevista à imprensa nesta segunda-feira (16), o prefeito Geraldo Hilário destacou que é preciso plantar agora para ser colhida no futuro uma mudança de hábito na cultura das pessoas em relação a dengue e isso deve ser feito por meio das escolas. “Vamos sensibilizar a comunidade da necessidade de sua participação na prevenção em relação ao mosquito Aedes. Mas precisamos de uma mudança cultural. Não adiante ficar repetindo campanhas”, completou Hilário acrescentando que o município está agindo na retirada do entulho e limpeza de córregos, além do trabalho de casa em casa desenvolvido pelos agentes de endemias.


Fonte : PMT





VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que posSAM comprometer sua imagem.

Nome:
Email:

Enviar