11/04/2017 - 18h03
Prefeitura de Timóteo adverte contra casos de chicungunya
Saúde intensificou ações e promoveu mutirão no último sábado (08/04).


PMT
I009875.jpg
Chicungunya

A Prefeitura de Timóteo reforçou medidas e fez um alerta à comunidade dos bairros Alvorada e São Cristóvão em relação aos cuidados preventivos individuais para se evitar casos de Chicungunya.  Nas duas últimas semanas surgiram 30 novos casos notificados, em busca ativa realizada pelos agentes de endemias. 

O secretário de Saúde, César Luz, contou que houve um aumento significativo do número de casos de Chicungunya. Os números foram constatados após a realização de uma operação “pente fino”, de casa em casa, nos bairros Alvorada e São Cristóvão. “Verificamos que estes casos não tinham sido notificados nas unidades de saúde e iniciamos imediatamente o tratamento em pontos estratégicos da região como as borracharias, sucatarias e lotes vagos. Estamos fazendo exames de todos os casos suspeitos”, comentou.

No mês de janeiro houve apenas um caso notificado de Chicungunya e em fevereiro surgiram mais quatro casos. Mais 10 casos foram notificados na última semana de março após a ação dos agentes de endemias. E nas duas últimas semanas (abril) já somam 30 casos notificados de Chicungunya.

Prevenção individual

A Secretaria de Saúde de Timóteo está fornecendo repelentes para gestantes residentes nos bairros com maior índice de infestação e recomendando a colocação de telas nas janelas das residências como prevenção individual. A medida é preconizada pelo Ministério da Saúde que indica o uso de repelentes específicos para crianças e para adultos.

Mutirão    

O departamento de Zoonoses de Timóteo enviou ofício na última quinta-feira (06/04) à Superintendência Regional de Saúde, solicitando a aplicação do inseticida (UBV) por meio do carro fumacê. Cabe à Regional de Saúde a autorização para execução da ação do fumacê. Além desta providência, a Saúde organizou um mutirão para o sábado (08/04), no bairro Alvorada. Uma equipe com 50 pessoas, composta por agentes comunitárias de saúde e funcionários da Vigilância Sanitária, realizaram o trabalho de campo com vistorias e prevenção à comunidade.

Os agentes de endemias participaram de capacitação nos dias 3,4 e 5 de abril quando puderam atualizar informações e confirmaram o diagnóstico diferencial para os sintomas da Dengue, Zica e Chicungunya, dentre outros temas. 


Fonte : PMT





VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que posSAM comprometer sua imagem.

Nome:
Email:

Enviar