15/02/2018 - 17h42
Volta às aulas em Timóteo
A meta para 2018 é manter os investimentos na melhoria da qualidade do ensino


PMT
I012424.jpg
Volta as aulas

Os 5.900 alunos da rede municipal de Ensino retornaram às aulas nesta quinta-feira (15) nas 17 escolas municipais, incluindo duas Unidades Municipais de Educação Infantil (UMEIs), Ensino Fundamental e CMEI/EJA (Centro Municipal de Educação Integrada/Educação de Jovens e Adultos). O novo ano letivo é de grande expectativa positiva para todos.

Para os professores e profissionais da Educação, o ano letivo 2018 se iniciou na quinta-feira passada (08), com a solenidade de abertura oficial realizada no auditório da Prefeitura de Timóteo, onde foi abordado o tema “Transtornos de Aprendizagem - uma abordagem neuropsicopedagógica”.  A Secretaria de Educação e Cultura possui cerca de 650 profissionais, entre professores, pedagogos, merendeiras, da área operacional e administrativa. 

Além da capacitação contínua dos professores e demais profissionais, a Prefeitura de Timóteo investiu em diversos serviços de melhorias da estrutura das escolas, incluindo a reforma completa da Escola Virgínia de Souza Reis, reformas nas escolas Infantil Monteiro Lobato, Clarindo Carlos Miranda (Macuco), Municipal  (Alvorada) e Maria Aparecida Martins Prado (Alphaville)  e Limoeiro – nesta escola está em fase final o processo de licitação da reforma da quadra.

“Seguindo o nosso lema, ‘Primeiro as Pessoas’, os serviços realizados visam proporcionar um melhor ambiente de aprendizagem para os alunos e de trabalho para os servidores” enfatiza o prefeito de Timóteo, Dr. Geraldo Hilário, frisando os investimentos também na área pedagógica que contribuíram para a qualidade do ensino.

Em 2017, a Prefeitura de Timóteo aplicou 27% da arrecadação do município na Educação, contra os 25% determinados pela legislação, ou seja, R$ 3 milhões a mais do que o investimento recomendado.  “Uma grande conquista foi a entrega da reforma da Escola Virgínia de Souza Reis, permitindo o “retorno à casa” dos seus 340 alunos”, comemora Dr. Geraldo Hilário, ressaltando que a obra reflete o compromisso com a comunidade.  

“Este ano, na área pedagógica, destacamos a continuidade dos projetos Mais Educação (Tempo Integral) na maioria das escolas, do projeto vitorioso Ler para Avançar, do retorno das “Salas de Reforço” em sete núcleos e do Pró-Técnico”, elenca a secretária de Educação, Guaraciaba Araújo, citando também os investimentos na área cultural e esportiva, incluindo os eventos do Ginásio Poliesportivo Iorque José Martins. Em 2018, deverão ser lançados os projetos Educação Conectada, que prevê a renovação dos laboratórios de informática, e a implementação do projeto Mais Alfabetização.

Bom desempenho

“Eu estava ansiosa para voltar às aulas, senti saudade”, conta Laura, 8 anos, aluna do 3º ano, da Escola Municipal Joaquim Ferreira de Souza, somando à expectativa favorável dos demais colegas para o novo ano. Segundo a diretora, Dorinha Vieira, a meta é continuar com o bom índice de desempenho escolar, “No ano de 2017 atingimos o Índice do Desenvolvimento Básico da Educação (Ideb) em 6.9, ultrapassando o exigido pelo governo de 6.3”, comemora. 

De acordo com a secretária de Educação, no correr deste ano, todos os estabelecimentos escolares receberão investimentos na melhoria da rede física. “Vamos trabalhar muito para cumprir essa meta, além de dar atenção especial para a formação de nossos profissionais e o investimento na área pedagógica”, finaliza.


Fonte : PMT





VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que posSAM comprometer sua imagem.

Nome:
Email:

Enviar