08/11/2018 - 14h44
PMT busca solução para falta de água no bairro Macuco



PMT
I017519.jpg
Reuniao Macuco

O Centro de Visitantes do Parque Estadual do Rio Doce (PERD), no bairro Macuco, recebeu nesta quarta-feira um encontro envolvendo o prefeito de Timóteo, Douglas Willkys, representantes da Associação e de moradores daquela comunidade, bem como o gerente do distrito regional da Copasa no Vale do Aço, Rodrigo Ferreira, o supervisor regional do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Regis Coelho. Os vereadores Wladimir Careca, Fábio Binha, Alexandre Maria, Pastora Sônia, Moacir de Castro, Gualberto, Moacir de Castro e Luiz Perdigão também marcaram presença nessa reunião.

O assunto tratado foi o desabastecimento de água no bairro Macuco, que já dura vários dias e tem prejudicado centenas de famílias. Segundo o representante da Copasa, o problema foi gerado pela queima da bomba da estação que atende exclusivamente o Macuco. O poço onde a água é captada também cedeu devido a tempestade que caiu na região entre os dias 27 e 28 de outubro, acarretando na diminuição da vazão de água, após a substituição do equipamento. Segundo Rodrigo Ferreira, atualmente o maquinário opera com capacidade de 60% a 70%, interferindo diretamente no fornecimento de água para a população do bairro Macuco.

Uma alternativa sugerida é a perfuração de um novo poço, entretanto o local mencionado é na área do Parque Estadual do Rio Doce (PERD) o que demandaria tempo para a emissão de uma licença ambiental.

Devido a ausência de informações sobre o problema, a comunidade pediu o compromisso da Copasa de melhorar a comunicação quando houver novas interrupções no abastecimento de água. Ao mesmo tempo, Rodrigo fez questão de reconhecer o esforço da Prefeitura em atender a comunidade nos dias em que tem faltado água e, em especial, o empenho do prefeito Douglas Willkys para solucionar o problema. No ponto mais crítico da crise a prefeitura, com o apoio da Aperam, cedeu caminhões pipas para abastecer os moradores. 

Como encaminhamento para tentar resolver o problema, a Copasa indicou um hidrogeólogo para identificar junto a Administração Municipal áreas públicas na localidade para a perfuração de um novo poço para atender aos oradores do Macuco.

Sondagem

No fim da tarde de quarta-feira, representantes da Copasa estiveram na Prefeitura, onde foi assinada autorização para a companhia proceder com uma sondagem em três áreas do bairro Macuco, sendo que duas delas são do Município.

Caso seja identificada a viabilidade técnica, com a perfuração do novo poço, o problema de falta de água será resolvido em definitivo, segundo a Copasa.
 


Fonte : PMT




Galeria