13/11/2018 - 15h21
Alunos de Timóteo recebem medalhas da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica
Cerimônia de entrega foi realizada nas dependências do CEFET/MG


PMT
G012848.jpg
OBA

A noite de segunda-feira (12) foi muito especial para os alunos das escolas de Timóteo agraciados com medalhas de ouro, prata e bronze da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). A cerimônia de entrega das medalhas foi promovida pela Prefeitura de Timóteo, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, o CEFET/MG, por meio do projetos de extensão “Astronomia no Vale do Aço” e “Aprimoramento Pedagógico”, e a Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano. 

“Como educador, este é um momento de grande emoção ao ver os educandos de nosso município se destacando em competição de âmbito nacional. As medalhas obtidas são fruto do esforço pessoal de cada um desses alunos, da estrutura oferecida pelas escolas, da dedicação de seus mestres e acompanhamento familiar”, comentou o vice-prefeito e secretário de Educação de Timóteo, José Vespasiano Cassemiro, acrescentando que a educação de qualidade é construída por todos os atores envolvidos.

A solenidade prestou homenagem aos alunos premiados em nível nacional e às escolas finalistas: Escola Estadual Getúlio Vargas, Escola Municipal Maria Aparecida Martins Prado e Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet). A diretora da Escola Estadual Getúlio Vargas, Kátia Freitas, e a pedagoga Ângela Paula da Silva Nascimento fizeram a entrega aos alunos finalistas no nível 1 (destinado aos alunos dos Anos Iniciais): Raul Alves Brito (medalha de prata);Luisa Frossard Torrezani Garcia (medalha de bronze); Samuel Rocha Ferreira (medalha de bronze); e Antônio Batista Canedo (medalha de bronze).

A segunda premiada foi a Escola Municipal “Maria Aparecida Martins Prado”(MAMP), finalista no nível 3 ( 6º ao  9º ano) com o aluno medalha de prata, Filipe Rodrigues Oliveira.  A entrega da premiação foi feita pela professora Iara Regina Mendes e pedagoga Nilda Campos. O CEFET foi finalista no nível 4 (Ensino Médio), com sete medalhistas: Savio Souza de Oliveira (medalha de Ouro); Lucas Souza Assis (medalha de prata); Gustavo Damasceno Lima de Andrade (bronze); Arthur Bernard Ferreira Damasceno (bronze); Dayvison Filipe Silva Alves (bronze); Pedro Augusto Alves Magalhães (bronze); e Sofia Lopes Isenmann (bronze). As medalhas foram entregues pelo professor Weber Hanry Morais e Feu, coordenador do projeto “Astronomia no Vale do Aço”, e coordenador do “Aprimoramento Pedagógico”, Fabrício de Castro.

OBA

A OBA é um evento aberto à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, que estejam cursando o ensino fundamental e o ensino médio. Em sua 21ª edição, a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, organizada anualmente, numa iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Agência Espacial Brasileira e Sociedade Astronômica Brasileira, contou com a participação de 8.456 escolas totalizando mais de 774 mil alunos.


 


Fonte : PMT