CMDM de Timóteo prorroga mandato por mais um ano

Conselheiras chamam atenção para aplicativo MG Mulher do governo do Estado
PMT
I022363.jpg
Conselho da Mulher faz videoconferência

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) de Timóteo realizou sua primeira reunião por videoconferência (internet) na terça-feira (16) de manhã. De casa, as conselheiras votaram pela prorrogação do mandato das representantes da sociedade civil por mais um ano e por manter a mesa diretora. A mesa é composta atualmente pela presidente Vera Antunes (sociedade civil), a vice Patrícia Dias (governo), na função de primeira secretária Ana Maria Vieira (sociedade civil) e segunda secretária Kenya Azevedo (governo).


Conforme explicou a presidente do CMDM, Vera Antunes, o mandato da atual mesa gestora se encerra agora em junho. De acordo com o Regimento Interno, a mesa gestora do próximo pleito, seria conduzida por um representante governamental. Como nenhuma conselheira manifestou interesse em assumir o cargo, foi consenso a recondução da atual mesa gestora. Vera explicou também que o CMDM tem uma resolução que estende o pleito dos representantes governamentais por tempo indeterminado enquanto durar a pandemia do coronavírus. “Com este encaminhamento o CMDM fica resguardado caso haja a suspensão da Situação de Emergência em Saúde Pública (Decreto nº 5.263 de 16/03/2020) no município”, completou.


MG Mulher
Na reunião virtual, as conselheiras votaram por divulgar nas redes sociais do Município o aplicativo do governo do Estado, MG Mulher, uma plataforma tecnológica voltada à divulgação de conteúdos de orientação e informações relativas à temática da violência contra a mulher. Em caso de violação de direitos, as mulheres podem ter acesso aos principais telefones e endereços da rede de apoio. 
Além das informações, no aplicativo MG Mulher é possível acessar via SMS, as pessoas cadastradas que vivenciam situações de perigo. A plataforma foi desenvolvida pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Polícia Civil, com apoio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP)
O aplicativo está disponível para download gratuito na AppStore e na GooglePlay. Após o download, é só fazer o cadastro com suas informações e criar, caso seja de seu interesse, a sua rede de contatos para acionamento em caso de emergências. São duas interfaces ofertadas ao usuário, uma informativa com listas de locais e serviços voltados à proteção da mulher e, outra privada, para que as usuárias possam acessar a rede de contatos em caso de emergência.


O CMDM realiza reuniões mensais na terceira terça-feira de cada mês. Mais informações pelo e-mail: cmdmdetimoteo@yahoo.com.br. O telefone para contato no horário comercial é (31) 3847-7849.
 

Fonte : PMT

Compartilhe: