Timóteo realiza segunda pesquisa do LIRAa

Agentes de combate às endemias percorrerão todas as regionais do município
PMT
I029550.jpg
Timóteo realiza segunda pesquisa do LIRAa

A Prefeitura de Timóteo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Qualidade de Vida, iniciou o Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Aedes  aegypti (LIRAa) na segunda-feira (18). Os agentes de combate às endemias (ACE) do setor de Controle de Zoonoses percorrerão todas as regionais do município para a coleta de dados por amostragem. O trabalho de pesquisa em campo está previsto para ser executado em três dias com a análise dos dados sendo concluída até o dia 25 de abril.

O levantamento é fundamental para subsidiar o desenvolvimento das ações de controle e prevenção das arboviroses (Dengue, Chikungunya e Zika). De acordo com o coordenador do Centro de Controle de Zoonoses, Carlos Alberto Santos, mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Timóteo tem intensificado as ações educativas de prevenção e de combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, com a realização de vistorias domiciliares, tratamento de focos e de bloqueio nos locais onde ocorreram notificações de Dengue, Zika e Chikungunya. O coordenador enfatiza que é fundamental que os moradores se responsabilizem pelos cuidados básicos em seus lares, com a realização semanal da inspeção dos locais que podem servir de criadouros, como caixas d´água, vasos de plantas, pneus, recipiente de degelo das geladeiras entre outros.

Em janeiro, o município realizou a primeira pesquisa do LIRAa no ano, registrando um resultado de 5,4%, ou seja, cinco vezes acima do índice considerado recomendável pelo Ministério da Saúde, que é de 1%. O secretário municipal de Saúde, Eduardo Morais, ressalta a importância dos moradores permitirem o acesso dos agentes de combate às endemias às residências, salientando que os servidores estarão devidamente identificados com uniforme e crachá. 

Em caso de dúvida, o morador pode entrar em contato com o setor de Controle de Zoonoses pelo telefone 38477612.
 

Fonte : PMT

Compartilhe:

Galeria de Imagem