Moçambique de Timóteo comemorou 17 anos de fundação com grande festa

O encontro de Afromineiridades reuniu representantes da cultura e realizou apresentações de grupos de congado do município e parceiros de outras cidades.
PMT
I029618.jpg
Afromineiridades

A Associação Cultural Irmandade Reino do Rosário, Guarda de Moçambique de Timóteo, completou 17 anos de atividades no último domingo (23/05). 

O encontro que reuniu congadeiros, grupos de percussão afromineira e grupos  de danças contou com as presenças ilustres do vice prefeito de Timóteo, José Vespasiano Cassemiro, a representante do IEPHA/MG Nicole Martins,  subsecretário de Cultura Cláudio Gualberto, secretária de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Timóteo Márcia Lessa,  entre outros.
A festa promoveu intensa programação de aniversário, que teve início no sábado (22/05), com um grande encontro denominado “Afromineiridades”. A Corporação Musical Santa Cecília comandou a Alvorada, bem cedo, pela primeira vez na comunidade do bairro Bela Vista. Em seguida, houve o cortejo que seguiu rumo à Escola Municipal Angelina Alves de Carvalho, onde foi realizado o seminário.
 
O seminário, que avaliou as intervenções da cultura popular e promoveu discussões importantes sobre a valorização dos temas afros e manifestações de resistência, reuniu os mestres de Congado. No final da tarde, na Praça 29 de Abril, no bairro Centro Sul, diversas apresentações deram o recado das Afromineiridades.

Na abertura do encontro, o grupo de percussão Valentinas e Companhia de Dança Lopes, ambos de Timóteo.  Encantaram os participantes, o Grupo Hip Hop do Cais de Coronel Fabriciano,  Guarda do Congo Rosário de Maria, Folia de Reis São Jorge Guerreiro de Araguari,  Tamborzeiros do Rosário de Maria de Araçuaí e Guarda de Moçambique de Timóteo. As atrações finais ficaram por conta das escolas de samba Vai Quem Quer de Guanhães e Império da Sede de Timóteo. 
Para Luís Fabiano dos Santos, produtor cultural e organizador do evento, a união dos congados significa manter acesa a chama da fé dos devotos. “Voltamos a tocar os tambores após o período crítico da pandemia, que me fez compor até a canção, Com fé e amor vamos vencer a pandemia”, contou Luís Fabiano.  

No domingo (22), aconteceu o primeiro Encontro de Congadeiros e Mestres do Vale do Vale do Aço na Regional Sul do município. Ao todo foram sete apresentações de grupos de congado de Itabira, Raul Soares, Alvinópolis, Virgolândia, Coronel Fabriciano, Joanésia e Mesquita. Os grupos fizeram reverência à coroa do Divino Espírito Santo, representada pelos reis festeiros Jhenimara e Lucas Neves. A transmissão das coroas, realizada em uma bela cerimônia de passagem com a presença de capitães e mestres do congado, foi para os novos reis festeiros Robson da Ambulância e sua esposa Shirley. 

Cerca de 500 participantes, entre congadeiros e pessoas da comunidade do bairro Bela Vista, tiveram almoço de confraternização na Escola São Sebastião de Timóteo, onde foi servida uma deliciosa feijoada.
 

Fonte : PMT

Compartilhe:

VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que possam comprometer sua imagem.