Educadores de Timóteo participam de capacitação sobre recursos didáticos

Atividade faz parte da programação do 13º Salão do Livro Vale do Aço
PMT
I029680.jpg
Capacitação de educadores sobre recursos didáticos

Os professores de salas de biblioteca, Salas de Recursos e de arte, pedagogos, diretores e vices das escolas municipais de Timóteo estão participando de capacitações sobre recursos didáticos para a melhoria da aprendizagem. A ação integra as atividades do 13º Salão do Livro Vale do Aço realizadas em parceria com a Prefeitura de Timóteo, por meio da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, no município. De  07 a 12 de junho, o Salão do Livro acontece nas instalações do Usicultura (Shopping Vale do Aço) com vasta programação cultural.

Cerca de 120 profissionais da rede municipal de Timóteo serão capacitados por meio de palestras com especialistas em encontros realizados no Salão de Eventos do Hotel Dom Henrique, localizado no Centro Norte de Timóteo.  A primeira capacitação foi realizada no dia 08 (quarta) e teve como tema “Contação de Histórias como Recurso Didático”  sendo direcionada para os professores de salas de biblioteca e de arte e pedagogos. A palestra foi ministrada pelo mestre em Gestão Integrada do Território na área de pesquisa, cultura e memória social, Gilson Magno, e pela psicóloga e pós-graduada em Arte-terapia e formação em Contoterapia, Maria Isabel Ferreira Moreira.  

Nesta quinta-feira (09), pela manhã, a psicóloga Luciana dos Santos ministrou palestra sobre o tema “De Onde Eu Venho: A Visão Sistêmica como Recurso para o Processo de Aprendizagem”, voltado para professores de Sala de Recursos, pedagogos diretores e vices. “Essas capacitações contribuem para a melhor formação de nossos educadores, que ampliaram a visão sobre as possibilidades do uso dos recursos didáticos, bem como sobre a necessidade de reconhecer a realidade vivenciada pelos alunos, que refletem nas salas de aula”, comenta a gerente de Ensino, Sirlaine Castro Araújo.

Em relação à Visão Sistêmica, Luciana dos Santos,  que atua na área de infância e família e com Análise Transacional e Abordagem Sistêmica, reforçou a importância dos educadores terem uma visão além da sala de aula, que ultrapassa os muros das escolas, abrangendo a vivência do aluno. “As mazelas existentes na sociedade afetam as famílias que reportam nos alunos e desembocam na sala de aula. E as dificuldades que os profissionais da educação estão lidando são reflexos de “n” outras situações que não fazem parte do ambiente escolar. Perceber essa realidade incentiva a busca de recursos para melhorar a prática de ensino”, comenta a gerente.

Na sexta-feira (10), das 8h às 11h, Luciana Tavares falará sobre o tema “Virando a Chave: das Dores às Soluções”, voltado para professores de Sala de Recursos, pedagogos, diretores e vices.


 

Fonte : PMT

Compartilhe:

VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que possam comprometer sua imagem.