Timóteo terá passeio ciclístico para comemorar os 32 anos do ECA

A Lei federal nº 8.069/ 1990 que regulamentou o ECA é o principal marco legal e regulatório dos direitos humanos de crianças e adolescentes
Divulgação
I029739.jpg
Reunião define realização de passeio ciclístico

Treze de julho marca uma importante data na defesa dos direitos da criança e do adolescente. Nessa data o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa 32 anos de existência. 

A Lei federal nº 8.069/ 1990 que regulamentou o ECA é o principal marco legal e regulatório dos direitos humanos de crianças e adolescentes. O estatuto é um conjunto de normas do ordenamento jurídico que tem como objetivo a proteção dos direitos da criança e do adolescente, aplicando medidas e expedindo encaminhamentos para a Justiça. 

Para comemorar essa data o Conselho Tutelar de Timóteo, com o apoio da Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, realiza no dia 10 de julho (domingo) um passeio ciclístico com a participação dos grupos de ciclistas do Vale do Aço. Na quinta-feira (23) foi realizada uma reunião com representantes da Prefeitura, dos Conselhos da Criança e do Adolescente,  Tutelar,  grupo de ciclistas onde foi definida a realização do passeio.

A saída do passeio está programada para as 8h30 da Praça 1º de Maio (Praça do Coreto) e deverá percorrer ruas e avenida do centro da cidade e bairros Timirim, Funcionários, Primavera até a sede da 85ª Cia de Polícia Militar retornando à Praça 1º de Maio.  A iniciativa conta com o apoio da Câmara de Vereadores, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e grupos de ciclistas, APAE, Projeto Ajudôu, Fundação Aperam, Fundação Emalto, dentre outras.

A secretária de Assistência Social, Rosanna Borges, lembra que o Estatuo assegurou o direito de priorizar o atendimento e o acesso de crianças e adolescentes à educação, saúde e assistência social. “Gostaria de convidar todas as famílias e a comunidade a comparecer no dia 10 na Praça 1º de Maio para participar desse passeio ciclístico e reforçar a importância do Estatuto na defesa dos direitos da criança e dos adolescentes”, pontuou Rosanna.

Fonte : PMT

Compartilhe:

VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que possam comprometer sua imagem.