Atletas de Timóteo conquistam medalhas de ouro no Panamericano de Jiu-Jitsu

Lutadores contaram com o apoio da administração municipal
PMT
I029831.jpg
Gustavo e Luíla conquistam medalhas

O município de Timóteo comemora a excelente participação dos lutadores Gustavo Carvalho Longuinho, 11 anos, e Luíla Damiana de Brito Silva, 28 anos, na competição da Liga Panamericana X Combat, realizado no dia 23 de julho em Vitória (ES). Em sua primeira competição profissional, Gustavo, que é faixa cinza, competiu no módulo Infantil B, peso médio, conquistando duas medalhas de ouro nas modalidades com kimono e Nogi (sem kimono). Faixa branca na modalidade, Luíla conquistou três medalhas de ouro (duas categorias absoluto com kimono e Nogi e uma categoria adulto leve Nogi) e uma de prata (categoria adulto leve com kimono).

Residentes em Timóteo, os dois atletas contaram com o apoio institucional da Subsecretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer da Secretaria de Educação, por meio da Lei Municipal 3.831/2021 que  regulamenta a concessão de auxílio a atletas e equipes locais participantes de eventos esportivos em outras praças. Nesta quinta-feira (28), os medalhistas foram recebidos pelo prefeito de Timóteo, Douglas Willkys, pela secretária de Educação, Márcia Lessa, e pelo subsecretário de Cultura, Esporte e Lazer, Professor Cláudio Gualbertto, no gabinete do prefeito.  “É um privilégio poder contribuir com esses jovens atletas e ver o resultado positivo, que evidencia o nome da nossa cidade no cenário esportivo”, destacou Douglas Willkys, parabenizando os lutadores pela conquista.

Os dois lutadores fazem parte da Academia Team Antunes e têm como técnico o professor Leonardo Antunes. Aluno do Instituto Municipal de Educação Técnica de Timóteo (IMETT), Gustavo se dedica à prática de artes marciais desde os quatro anos de idade e vem se destacando desde 2018, quanto começou a participar de competições de alto desempenho. A primeira grande conquista foi na VII Copa Vale do Aço (2018), seguida de duas edições da Copa Leste de Minas (2018 e 2019) e do 1° Open Jiu Jitsu Vale do Aço 360 (2022). Em todas, conquistou o primeiro lugar no pódium apesar da pouca idade. 

Formada em Administração, Luíla sempre praticou esporte em várias modalidades (futebol, handebol, natação, futsal e vôlei), porém começou a lutar jiu jitsu somente a partir de fevereiro de 2021.  Em dezembro do mesmo ano, participou da IV Copa Leste de Minas e, em 2022, do 1º Open Jiu Jitsu Vale do Aço 360, conquistando o segundo lugar em ambas. 

Incentivo

Os dois lutadores acreditam que podem trazer novas medalhas para Timóteo e Minas Gerais, por estarem se dedicando aos treinamentos e apresentarem bom condicionamento físico e qualidade técnica. “A cada competição aprendo mais e melhoro o meu desempenho, quero me tornar um grande lutador no futuro”, afirma Gustavo. Por sua vez, Luíla ressalta que a participação dos dois, além de representar uma realização pessoal, serve de incentivo para que outros jovens pratiquem o jiu jitsu ou mesmo outra modalidade esportiva. Ela também defende a prática de lutas marciais pelas mulheres para a autodefesa.

Os lutadores ressaltam o apoio das famílias. Luíla é filha de Elias Silva, que foi jogador de futebol em Timóteo e dirigente da Liga Acesitana de Desportos, e da professora Dora Brito. E Gustavo é filho de João Paulo Longuinho e de Flávia Carvalho Longuinho, que acompanha o aluno em todas as competições.

Para os dois atletas agora o grande desafio é viabilizar a participação na competição Mundial BJJ, que acontecerá nos dias 3 e 4 de setembro em Fortaleza (Ceará). Os contatos podem ser realizados pelo instagran @luiladamiana ou pelo whatsapp  (31) 987345532 (Flávia). 

Fonte : PMT

Compartilhe:

Galeria de Imagem

VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que possam comprometer sua imagem.