Setor 05 indica prioridades para o Plano Diretor Participativo

Prefeitura realizou audiências públicas abrangendo todos os setores da cidade
PMT
I029871.jpg
Plano Diretor Participativo Setor 5

A audiência pública voltada para os moradores do Setor 5 para discussão do Plano Diretor Participativo encerrou a série de consultas públicas que abrangeram todas os setores da cidade. Realizado na Escola Estadual José Ferreira Maia na noite de sexta-feira (05), os moradores do Distrito de Cachoeira do Vale, Bairro dos Vieiras, Santa Rita e Petrópolis indicaram suas prioridades para compor o documento, que atualizará o Plano Diretor de 2004. 

O Plano Diretor Participativo apontará as diretrizes para o desenvolvimento da cidade nos próximos dez anos. Em todos as consultas públicas, o prefeito de Timóteo, Douglas Willkys, o secretariado municipal, lideranças políticas e comunitárias se fizeram presentes. “A participação dos moradores é fundamental para legitimar o processo democrático do Plano Diretor Participativo, que terá que ser respeitado pelos futuros gestores”, destacou Douglas Willkkys, defendendo a necessidade de criar parâmetros para o crescimento ordenado do município. 

O Plano Diretor Participativo é coordenado pela Secretaria Municipal de Planejamento, Urbanismo e Meio Ambiente. As consultas públicos servirão de base para a elaboração do documento, que será estruturado pelo Consórcio Ecotécnica/Detzel, empresa vencedora do processo de licitação. O processo de revisão do Plano Diretor foi inciado em 2019, mas foi suspenso em função da pandemia do coronavírus. A construção do Plano Diretor Participativo foi retomada com a realização das consultas públicas e do seminário com a participação de entidades na semana passada.

A Comissão de Acompanhamento, Equipe Técnica de Supervisão e o Consórcio Ecotécnica/Detzel farão a condensação das propostas levantadas nas consultas públicas, formatando um documento preliminar que será apresentado numa grande audiência pública com a participação de moradores de todos os setores e das entidades. O encontro está previsto para acontecer em outubro e culminará com a aprovação de minutas para a elaboração de projeto de lei  do Plano Diretor Participativo a ser encaminhado para apreciação da Câmara Municipal e transformado em legislação urbanística. 
 

Fonte : PMT

Compartilhe:

Galeria de Imagem

VEJA TODOS COMENTÁRIOS


ATENÇÃO: Este comentário será moderado, podendo ser aprovado ou não. Evite palavras que possam comprometer sua imagem.