Secretaria de Saúde de Timóteo reforça as ações de combate às arboviroses

O trabalho de pesquisa em campo feito pelos ACE´s percorreu os bairros de todas as regionais da cidade
Divulgação
I031069.jpg
Combate às arboviroses

A Prefeitura de Timóteo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Qualidade de Vida, reforçou as ações de enfrentamento ao mosquito Aedes aegyti  para diminuir a incidência de focos da dengue. Em Outubro a Secretaria realizou o quarto Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) do ano. 

Na oportunidade os Agentes de Combate às Endemias (ACE´s) do Centro de Controle de Zoonoses coletaram os dados por amostragem resultando num percentual de infestação de 4,3%. Em janeiro, o município realizou a primeira pesquisa do LIRAa no ano, registrando um resultado de 5,4%; em abril foi realizado o segundo levantamento e o índice foi de 5,1%, em junho o índice foi de 1,9%. 

O trabalho de pesquisa em campo feito pelos ACE´s percorreu todas as regionais da cidade. Os imóveis vistoriados no primeiro dia do LIRAa, conforme metodologia de levantamento em campo, estavam nos bairros  Macuco, Alphaville, Recanto do Sossego, Recanto Verde, Distrito Industrial no Limoeiro, Santa Maria e no distrito de Cachoeira do Vale, englobando o bairro dos Vieiras, Ferroviários, Santa Rita e Petrópolis. Nos demais dias a ação se estendeu para o restante da cidade. 

Considerando o aumento do percentual de infestação do último LIRAa, as ações de bloqueio e mutirão estão sendo realizadas, iniciando pelo bairro Bela Vista com parceria dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), da Atenção Básica, no Distrito Industrial,  palestra educativa nas empresas, vistoria nos imóveis que tiveram focos positivos para o Aedes e vistoria e tratamento focal com os Agentes de Endemias. No bairro Recanto do Sossego, os ACE’s retornaram aos imóveis positivos a fim de informar aos moradores sobre os respectivos resultados, culminando com o monitoramento nos locais nos quais foram encontrados criadouros. 

As ações iniciaram nesses bairros devido ao alto índice de infestação. As ações de bloqueio são importantes para subsidiar o desenvolvimento das iniciativas de controle e prevenção contra as arboviroses (Dengue, Chikungunya e Zika). Conforme a gerente de Vigilância em Saúde, Ana Amélia Camilo Soares, o LIRAa torna possível identificar os principais focos e a proposição das ações pontuais. 

“Cabe esclarecer que rotineiramente o serviço de verificação e combate ao mosquito Aedes já é realizado ao longo do ano. Ainda falta ao munícipe entender a necessidade da contribuição dele dentro do seu território. Quanto mais atenção o morador tem em sua própria residência no que se refere ao zelo, cuidado para não permitir o foco, o criadouro para o mosquito, os riscos passam a ser bem menores”, reforçou Ana Amélia.

Para que as ações consigam alcançar o objetivo é preciso que os Agentes de Endemias tenham acesso às residências para realizar as visitas. Eles trabalham devidamente uniformizados e com crachás de identificação. Em caso de dúvida, o morador pode entrar em contato com o setor de Controle de Zoonoses pelo telefone 3847-7612.

Fonte : PMT

Compartilhe:

Galeria de Imagem