Educação de Jovens e Adultos celebra dia da Consciência Negra

Palestra, danças e músicas exaltaram a riqueza da cultura afro
PMT
I031092.jpg
Consciência Negra

Na noite da última quinta-feira (17), os alunos e professores da Educação de Jovens e Adultos (EJA), participaram de evento sobre a cultura negra, celebrando o Dia da Consciência Negra no Ginásio Poliesportivo Iorque José Martins.
Estiveram presentes ao encontro, o vice prefeito José Vespasiano Cassemiro e o subsecretário de Cultura, Esporte e Lazer, Cláudio Gualberto. O Professor Vespa lembrou que o dia 20 de Novembro pede mais que reflexão. “O racismo ainda é uma constante e devemos combatê-lo”, disse Vespa.
No encerramento do encontro, o diretor do CMEI/EJA, Sidney Castro, convidou os participantes à tomarem consciência sobre a importância da força dos negros na formação da sociedade. “Que essa consciência incentive o respeito, a empatia e a igualdade. Que todos os dias sejam de respeito ao próximo, de se colocar no lugar do outro. Sejamos mais empáticos e solidários”, frisou o diretor do EJA. 
A professora e escritora Layane Almeida falou sobre a afirmação da identidade e a importância da individualização. “Eu como mulher, negra, devo me afirmar na minha identidade e não posso aceitar o que não me serve. Hoje celebramos a Consciência Negra porque muitos abriram caminho ao longo da história. O respeito hoje é maior do que já foi um dia mas, precisamos continuar abrindo caminhos e inspirar as futuras gerações”, comentou Layane.
A noite teve desfile dos alunos do EJA com roupas coloridas, colares de contas e turbantes. A  apresentação do Grupo Afoxé de Timóteo, trouxe danças, cantos e rufar dos tambores no ritmo Ijexá. 
A Guarda de Moçambique de Timóteo levou o congado, movimento de resistência negra voltado para a religiosidade católica. De acordo com mestre Luís Fabiano dos Santos, capitão-mor da Guarda de Moçambique, “o Congado não tem nada a ver com macumba. A religiosidade do povo negro é uma forma de luta, de resistência. Nós louvamos à Nossa Senhora do Rosário e cada região louva o seu santo protetor que pode ser São Benedito, São Sebastião, Nossa Senhora Aparecida, Santa Efigênia e outros”, lembrou Luís Fabiano.
 

Fonte : PMT

Compartilhe:

Galeria de Imagem