ADEVITA representa Vale do Aço em competição de goalball

O time timotense é formado por alunos do CREIA. O campeonato para cegos terá equipes de Minas, Rio e Espírito Santo
PMT
I031251.jpg
Treino no CEFETMG de Timóteo

A equipe da Associação dos Deficientes Visuais de Timóteo e Amigos (ADEVITA) participará do Campeonato Regional de Goalball, promovido pela Confederação Brasileira de Desportos dos Deficientes Visuais. O evento acontecerá de 28 de março a 1º de abril em Belo Horizonte, reunindo equipes de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. A programação oficial com a definição das chaves ainda não foi divulgada.

O time da ADEVITA é formado por alunos do Centro de Referência em Educação Inclusiva Ativa (CREIA), vinculado à Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Timóteo e que atende pessoas com deficiência visual e auditiva.  Integram a equipe timotense os alunos Josemar, Edson, Ronildo, Romário, Fernando e Matheus, além da técnica Lucinete Ferreira Silva, graduada em Educação Física com especialização em esporte adaptado e paralímpico.

O time de goalball de Timóteo foi formado em maio de 2022, sendo que os treinos eram realizados na sede do CREIA, no bairro João XXIII, em área adaptada. Em fevereiro deste ano, a ADEVITA firmou parceria com o CEFETMG, campus de Timóteo, que disponibilizou a quadra da instituição para o treinamento da equipe, que acontece três vezes por semana. 

“O novo espaço tem as dimensões compatíveis com a prática da modalidade, o que favorece a melhor evolução do desempenho dos atletas”, cita a técnica, lembrando que será a primeira vez que o time timotense participará de uma competição. Lucinete Silva esclarece que o grupo está numa fase inicial do trabalho e a participação na competição trará experiência esportiva, além da convivência com outros atletas. 

“O goalball é um instrumento de inclusão para as pessoas cegas e de baixa visão”, sintetiza o vice-presidente da ADEVITA, Josemar de Souza Araújo, que também integra a equipe. Ele salienta que a entidade está buscando apoio para a construção das traves de gol adaptadas usadas no goalball, que medem 9 m de extensão por 1,3 m de altura. A ADEVITA foi criada em 2009 com o objetivo de lutar pelos direitos das pessoas com deficiência visual. Atualmente, a entidade também promove a defesa dos direitos das pessoas com deficiência auditiva.

O jogo

O goalball é baseado nas percepções tátil e auditiva, sendo jogado com as mãos. É um desporto coletivo, também denominado de golbol, praticado por atletas que possuem deficiência visual. Foi inventado em 1946 pelo austríaco Hanz Lorenzen e pelo alemão Sett Reindle. O objetivo do jogo é arremessar uma bola com as mãos de modo a que a bola entre na baliza do adversário. Cada equipa deve jogar com três jogadores e três reservas, sendo obrigatório o uso de vendas nos olhos por todos os atletas.

A disputa ocorre em quadra devidamente sinalizada com marcação tátil de 18 metros por 9 metros entre duas equipes compostas por seis jogadores cada, que exercem as funções de goleiros (todos), ala direita, pivô e ala esquerda. Os atletas são, ao mesmo tempo, arremessadores e defensores. 

O arremesso deve ser rasteiro e o objetivo é balançar a rede adversária. A disputa é realizada em dois tempos de 12 minutos com três minutos de intervalo. Os jogadores se orientam pelo barulho da bola com guizo. Nesta modalidade, a torcida tem que ficar em silêncio, podendo ser manifestar apenas na comemoração dos gols. 
 

Fonte : PMT

Compartilhe:

Galeria de Imagem