Hospital de Timóteo realiza mais um mutirão de cirurgias eletivas

Foram realizadas no sábado vinte cirurgias na área de urologia de um total de 75 previstas para essa especialidade
PMT
I033278.JPG
Cirurgias eletivas

Os usuários do Hospital e Maternidade de Timóteo (HMT) estão comemorando a nova fase da unidade hospitalar com a aquisição de novos equipamentos, investimentos na estrutura do imóvel e retomada das cirurgias eletivas que, neste mês, deverá chegar a mais de mil intervenções realizadas nos últimos meses.

No último fim de semana o HMT registrou mais uma etapa do mutirão de cirurgias eletivas no Hospital e Maternidade de Timóteo. Foram realizadas no sábado vinte cirurgias na área de urologia de um total de 75 previstas para essa especialidade. 

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Ana Paula Campos, com mais essa fase viabilizada, o município totaliza cerca de mil cirurgias eletivas. No período da pandemia por covid-19, as cirurgias eletivas foram suspensas pelo Ministério da Saúde represando assim a demanda por esse tipo de intervenção que é feito por meio do SUS.

Dessa forma estão sendo realizadas gradativamente cirurgias eletivas nas áreas de oftalmologia, otorrino, ortopedia e vídeo-histeroscopia, além das vasectomias realizadas no último sábado. Para esse mutirão foram mobilizados dois médicos cirurgiões, seis técnicos de enfermagem, um enfermeiro coordenador e disponibilizadas duas salas cirúrgicas. Segundo Deivid Ataíde, enfermeiro que coordenou essa mobilização de cirurgias no HMT, todos os procedimentos adotados seguem protocolos seguros de cirurgia o que garante tranquilidade para a equipe e também para o paciente.

Um dado importante é que para a realização de vasectomias e laqueaduras tubárias é necessária uma habilitação por parte do Ministério da Saúde o que foi obtido pelo Hospital e Maternidade. Isso representa uma conquista não só para a unidade médica hospitalar de Timóteo, mas também para toda a população.

Antes de o Hospital e Maternidade de Timóteo realizar essas cirurgias eletivas, por exemplo, os pacientes precisavam se deslocar para outros municípios como Caratinga, Bom Jesus do Galho e Belo Oriente, entre outras cidades, o que gerava morosidade no processo. Com a qualificação que o hospital vem recebendo, bem como com os investimentos feitos pela Prefeitura na infraestrutura do hospital com a aquisição de novos equipamentos o processo ficou mais ágil e confortável para os usuários.

Poltronas

E por falar em investimentos, o Município adquiriu 40 novas poltronas hospitalares reclináveis para atender os acompanhantes dos pacientes que precisam de Internação. Além das enfermarias, a maternidade e outros setores também receberam as poltronas resolvendo assim uma solicitação apresentada pelos próprios moradores da cidade. Essas novas poltronas possibilitam mais conforto para quem precisa acompanhar a internação de um parente ou familiar.

Fonte : PMT

Compartilhe: